Quarta-feira, 26 de janeiro de 2022

(44) 2031-0399

(44) 9 9907-2342

Anúncio - Dr Ronaldo
Anúncio - André

Paraná reforça Rede de Urgência com 54 ambulâncias para atendimento nas rodovias

Publicado em 02/12/2021 às 11:38 por Editoria Movimento Saúde

Os serviços de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e Integrado de Atendimento ao Trauma de Emergência (Siate) estão sendo reforçados para auxiliar no atendimento prioritário das rodovias federais e estaduais após o fim dos contratos de concessões, que se encerraram no último fim de semana.

Os serviços de atendimento pré-hospitalares contarão com reforço de 54 ambulâncias – 16 do Siate, operadas pelo Corpo de Bombeiros, e 38 do Samu. Com essa ampliação, a cobertura da Rede de Atenção à Urgência chega, pela primeira vez na história, a quase 100% do território paranaense, abrangendo toda a malha rodoviária do Anel de Integração.

Uma nova resolução da Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) autoriza a contratação do serviço pelos municípios e Consórcios Municipais de Saúde. Para esse reforço, a pasta vai aportar R$ 2,77 milhões por mês, com transferências fundo a fundo aos consórcios e municípios para a operacionalização da frota.

As unidades de suporte do Samu são formadas pelas ambulâncias equipadas para o atendimento pré-hospitalar, além das equipes de atendimento. São 32 unidades de suporte básico, tripuladas por condutor, socorrista e técnico de enfermagem; e seis de suporte avançado, UTIs móveis com a presença de condutor que também é socorrista, médico e enfermeiro. Atendimentos nas rodovias serão concentrados nos números 190, 191, 193 e 198.

Elas ficarão espalhadas nas bases que cobrem todas as regiões do Estado (confira no mapa) e representam um incremento de 15% na estrutura atual do Samu no Paraná, que é formada por cinco helicópteros, um avião, duas motos, 217 unidades de suporte básico e 67 de suporte avançado.

Segundo o secretário estadual da Saúde, Beto Preto, o serviço atende atualmente entre 2.300 e 2.500 ocorrências diárias, incluindo os atendimentos nas rodovias, principalmente nos trechos urbanos. “Faremos esse reforço para o período entre o fim das atuais concessões e o início dos próximos contratos. Essas ambulâncias vão atender prioritariamente as rodovias, mas não só isso, também estarão à disposição de todos os paranaenses”, disse.

COBERTURA

Com esse reforço, regiões que não eram atendidas pelo Samu – como nos 20 municípios que compõem a 5ª Regional de Saúde (Guarapuava) – passam agora a contar com esse serviço.

“Com a ampliação do Samu para atender às prioridades das rodovias, estamos reforçando esse atendimento. A 5ª Regional, por exemplo, vai receber 13 ambulâncias, sendo que cinco começam a operar já neste fim de semana. Mas todas as regiões terão esse aporte”, destaca Giovana Fratin, gerente de Atenção à Urgência do Estado do Paraná.

INTEGRAÇÃO

O atendimento nas rodovias será operacionalizado junto ao Corpo de Bombeiros, que opera o Siate, como já ocorre atualmente, já que as 50 centrais de atendimento do Siate e as 12 do Samu operam de modo integrado. Inclusive, em casos de acidentes com vítimas nas rodovias, o chamado de atendimento será pelo telefone 193, do Corpo de Bombeiros.

O foco do Corpo de Bombeiros estará no resgate veicular, atendimento pré-hospitalar, controle de acidentes com produtos perigosos (químicos e biológicos) e no combate a incêndios em cargas, veículos e nas margens das rodovias. Além das ambulâncias, também serão utilizados os caminhões ABTR (Auto Bomba Tanque e Resgate), para quando for necessário o desencarceramento das vítimas.

Para isso, o efetivo está sendo reforçado, contando com 405 bombeiros militares escalados e distribuídos diariamente em 61 quartéis. Destes, 29 postos atuarão diretamente nas rodovias, somando-se a outros 32 disponíveis para apoio. Todas as viaturas estarão alocadas nos Quartéis de Bombeiros Militares, já que estatisticamente, a maior parte das emergências ocorre nos trechos situados nas entradas e saídas dos municípios.

“Nesses 24 anos de pedágio, o Corpo de Bombeiros sempre atuou e colaborou com as equipes das concessionárias. Agora, em uma tratativa diferenciada, aumentamos o efetivo para que, em uma cooperação técnica com o Samu, possamos prestar um atendimento de excelências nas rodovias do Paraná”, explicou o comandante-geral do Corpo de Bombeiros, coronel Manoel Vasco de Vasconcelos Júnior.

Em caso de acidentes nas rodovias com vítimas, o Corpo de Bombeiros orienta que os usuários sigam os seguintes procedimentos: 1) com segurança, sinalize imediatamente o local; 2) afaste-se da faixa de rolagem; 3) ligue 193; 4) informe o prefixo da rodovia (ex.: BR-277), o quilômetro do acidente e o sentido da via; e 5) Mantenha a calma e siga as instruções do operador.

Fonte: SESA/PR

Foto: AEN

Anúncio - Dra Marlene
Anúncio - Dr Antonio