Terça-feira, 4 de agosto de 2020

(44) 2031-0399

(44) 9 9907-2342

Anúncio - Fabio de Carvalho
Anúncio - Dr Ronaldo
Anúncio - Gisele
Anúncio - Movimento Saúde

Equipe do Posto de Coleta da Norospar reforçou a comunicação com as doadoras utilizando a tecnologia

Foto: Assessoria

Umuarama é destaque estadual na captação de leite materno

Publicado em 09/07/2020 às 14:14 por Rosi Rodrigues

O Posto de Coleta de Leite Humano do Hospital e Maternidade Norospar de Umuarama foi parabenizado pela Comissão Estadual de Bancos de Leite, em reunião realizada nesta quarta-feira (8), por videoconferência, com todas as unidades do Paraná.  
Umuarama é destaque em produtividade, com 45 litros de leite captados no mês de junho, cerca de 50% acima da média nacional no período.
Além de ser inverno, época que normalmente as doações diminuem, também há o impacto da Pandemia do novo coronavírus, que afetou a maioria dos Bancos e Postos de Coleta de Leite Humano. 
A estratégia da equipe do Posto de Coleta da Norospar  para driblar a crise e manter o número de doações em alta foi reforçar a comunicação com as doadoras utilizando a tecnologia.
Um grupo foi criado na internet, via aplicativo de mensagens de celular e a parceria com o Corpo de Bombeiros, que entrega os kits para coleta e busca o leite coletado na casa das doadoras, foi ampliada. As doadoras não precisam mais ir ao Posto de Coleta para fazer sua doação. 
O trabalho de conscientização sobre a doação de leite humano começa logo após o parto, com a orientação das mamães que dão à luz na Maternidade Norospar. Atualmente mais de 40 mulheres são doadoras ativas. 
“Através do aplicativo de mensagens, incentivamos, agendamos as doações e também prestamos todas as orientações sobre a coleta e armazenamento do leite”, explica a fonoaudióloga Daiane Augusto Caetano Ribeiro, que é responsável pelo Posto de Coleta. Segundo ela, uma vez por semana, uma equipe do Corpo de Bombeiros recolhe as doações na casa das mamães. 


O Paraná conta com 13 bancos de leite humano (onde é feita coleta e pasteurização) e 18 postos de coleta - onde o leite é apenas captado e enviado para pasteurização ao banco de leite mais próximo. O leite coletado em Umuarama e região é pasteurizado no Banco de Leite de Cascavel.
O leite enviado para pasteurização passa por um rigoroso controle de qualidade e é submetido a diversos exames e testes para descartar qualquer tipo de contaminação. 
 “Atualmente suprimos toda a necessidade da nossa UTI Neonatal, com capacidade para 10 bebês e ainda mantemos um pequeno estoque”, diz a fonoaudióloga. 
A jovem mãe Pâmela Cristina Morais, de 23 anos, faz a coleta de leite materno todos os dias. Além de alimentar o filho Davy Lucca, que nasceu prematuro e precisou ficar na UTI Neonatal, o excedente do leite doado por Pâmela ajuda outras crianças que precisam. “Meu bebê agora está na UTI Semi Intensiva e a previsão é que em poucos dias estaremos em casa. Vou continuar doando mesmo depois, pois conheci de perto a importância dessas doações e também quero ajudar outras crianças que nascem prematuras e precisam desse leite para se desenvolverem com saúde”, disse a mamãe.  

SEJA DOADORA
Toda mulher que amamenta e está em boas condições de saúde pode doar leite materno. Para se cadastrar basta enviar uma mensagem ao Whats-App do Posto de Coleta de Leite Humano da Norospar: (44) 99118-9334.

Anúncio - Dra Marlene
Anúncio - Dr Antonio