Terça-feira, 13 de novembro de 2018

(44) 2031-0399

(44) 9 9907-2342

Anúncio - Fabio de Carvalho
Anúncio - Dr Ronaldo
Anúncio - Renilde

Boletim estadual confirma casos de chikungunya em Umuarama e Mariluz

Publicado em 20/02/2018 às 19:24 por Rosi Rodrigues

Umuarama, Mariluz e outras oito cidades do estado tiveram casos de chikungunya confirmados pelo relatório da Secretaria de Estado de Saúde (Sesa) divulgado nesta terça-feira (20). O boletim detalha também o comportamento das outras duas doenças transmitidas pelo Aedes aegypti: dengue e zika.

No período epidemiológico compreendido entre agosto do ano passado e a primeira quinzena de fevereiro, são onze casos de chikungunya, sendo cinco importados de outras localidades. Na área da 12ª Regional, que abrange dezoito cidades, Umuarama registrou um caso importado e Mariluz um autóctone (originário da área de detecção).

Os demais casos ocorreram em Curitiba (1 importado), União da Vitória (1 importado), Foz do Iguaçu (2 - um importado e um autóctone), Paranavaí (1 autóctone), Loanda (1 autóctone), Santa Isabel do Ivaí (1 autóctone), Rio Bom (1 autóctone) e Toledo (1 importado).

Dengue

A área de abrangência da 12ª Regional de Saúde registrou cinco casos de dengue. As confirmações de casos autóctones ocorreram em Iporã, Ivaté, Mariluz, Umuarama e Xambrê.

As maiores incidências de casos suspeitos são as de Umuarama (76), Altônia (61), Ivaté (56) e Pérola (45).

Os municípios com maior número de casos suspeitos notificados são Londrina (2.390), Maringá (1.631) e Foz do Iguaçu (1.220). Os com maior número de casos confirmados são: Maringá (145), Foz do Iguaçu (51), e Cambé (24). 

Nenhum caso de zika foi registrado.

Anúncio - Dra Marlene
Anúncio - Dr Antonio