Sexta-feira, 22 de outubro de 2021

(44) 2031-0399

(44) 9 9907-2342

Anúncio - Dr Ronaldo
Anúncio - André

Não haverá vacinação contra Covid-19 nesta terça-feira em Umuarama

Publicado em 13/09/2021 às 19:39 por Editoria Movimento Saúde

Não haverá vacinação contra o coronavírus para primeira dose nesta terça-feira (14), segundo informa a Secretaria de Saúde de Umuarama. Nesta segunda-feira (13) aproximadamente 2 mil pessoas receberam a vacina D1. Já a imunização para as segundas doses volta normalmente amanhã, com vacinas da AstraZeneca, Pfizer e CoronaVaC, após uma pausa pontual para organização logística interna.

A secretária municipal de Saúde, Maria Hahue Takaki, observa que é fundamental que as pessoas façam a segunda dose, para que o ciclo de imunização seja completado. “Vale lembrar que não é preciso agendar para tomar a segunda dose e principalmente destacar que não há risco de não ter ou faltar o imunizante, porque tudo é planejado de forma a cumprir o processo de vacinação da população. É preciso levar a carteirinha de vacinação e um documento pessoal, com foto”, completa.

Ela acrescenta que a vacinação contra o coronavírus, tanto para as doses D1 quanto para a D2, neste momento, está concentrada na sede local do Sest Senat, que fica na avenida Dr. Angelo Moreira da Fonseca, bem em frente ao Pronto Atendimento Municipal (PA). “O horário de atendimento é 8h às 11h e das 13h30 às 16h. Para quem for fazer a primeira dose, sugerimos fazer o pré-cadastro, diretamente no site saúde.umuarama.gov.br, sem o www mesmo, pois desta forma conseguimos adiantar um pouco na hora de aplicar a vacina”, resume Harue, esclarecendo que o pré-cadastro não é obrigatório.

BALANÇO COVID

A Secretaria Municipal de Saúde apresentou nesta segunda-feira (13) um balanço sobre a situação da covid-19 em Umuarama. Os dados fazem parte do Boletim Epidemiológico nº 64, que inclui a semana de 5 a 11 de setembro, e traz informações sobre o comportamento do vírus Sars-CoV-2 na cidade.

Analisando o informativo, nota-se que as mulheres são mais infectadas pelo coronavírus (52% contra 48 dos homens), porém os homens morrem mais em decorrência da doença (61%, contra 39% das mulheres). A faixa etária com o maior número de contaminados é a com 30 a 39 anos, seguida pela de 20 a 29 anos e 40 a 49 anos. Por outro lado, as que menos se infectaram foram a de 80 anos e acima, 70 a 79 anos e zero a nove anos.

Com relação aos óbitos – foram 305 até hoje – a maioria foi na faixa etária de 50 a 59 anos, seguida pela de 70 a 79 anos, 60 a 69 anos e 80 anos ou mais. O menor número de mortes está na faixa etária de zero a nove anos, seguida pela de 10 a 19 anos e de 20 a 29 anos.

Os 10 bairros com mais óbitos são o Centro Saúde Escola (Unipar sede), com 33 mortos, Guarani, com 30 mortos, Cidade Alta, com 25 mortos, Central, com 22 mortos, Jardim Cruzeiro, com 21 mortos, Bem Estar, com 20 mortos, Jardim Lisboa, Ouro Branco e Jardim Panorama, com 19 mortos cada, Parque San Remo, com 15 mortos, Jardim São Cristóvão, com 14 mortos, e Vitória Régia, com 12 mortos.

A SEMANA

Considerando a última semana, o balanço sobre o coronavírus em Umuarama informa que foram 163 casos confirmados, tendo a média móvel ficado em 23 casos. A faixa etária que mais se contaminou foi a de 20 a 29 anos, seguida pelas de 40 a 49 anos e 10 a 19 anos. Já com relação às regiões da cidade com mais casos, o Centro Saúde Escola (Unipar sede) fica em primeiro lugar, com 24 casos, seguido do Jardim Cruzeiro (15), Cidade Alta (12, Bem Estar (10) e Primeiro de Maio (8).

Fonte: Reportagem e fotos: PMU

Anúncio - Dra Marlene
Anúncio - Dr Antonio