Quinta-feira, 13 de dezembro de 2018

(44) 2031-0399

(44) 9 9907-2342

Anúncio - Fabio de Carvalho
Anúncio - Dr Ronaldo
Anúncio - Renilde

A enfermeira Mayara Piassa recebeu a carta em nome de toda a equipe do Cemil

Foto: Rosi Rodrigues

"São anjos": Família de paciente envia carta de gratidão à equipe hospitalar

Publicado em 13/12/2017 às 10:39 por Rosi Rodrigues

Nos momentos mais difíceis da vida é sempre bom ter com quem contar. Se for uma equipe de “anjos” então, o que poderia ser apenas sofrimento, se transforma em esperança e conforto.

É o que expressou a mensagem de gratidão entregue pela família da paciente Marina Magalhães Geraldi à equipe de médicos e funcionários da Associação Beneficente São Francisco de Assis / Hospital Cemil de Umuarama, na terça-feira (12).

“Em nenhum momento houve negligência ou falta de vontade por parte de algum funcionário, que prefiro chamar de ‘anjos’, pois neste período a educação, o respeito e o amor pelo seu trabalho foram essenciais para nós”, diz a carta entregue pelo filho da paciente, José Carlos Geraldi, à equipe do Cemil.

A idosa sofreu um Acidente Vascular Cerebral (AVC) e foi levada às pressas para a emergência do hospital. Foi o seu segundo AVC. Em estado grave e com complicações pulmonares, Dona Marina ficou hospitalizada por 16 dias.

“Agradecemos a todos os envolvidos, dos diversos setores: higiene, alimentação, enfermeiras, técnicas de enfermagem, fisioterapeutas, médicos, especialmente ao Dr. Lucas e Dr. Ronaldo, que não mediram esforços para que minha mãe sobrevivesse”, diz outro trecho.

A enfermeira Mayara Piassa, que recebeu a carta das mãos do filho José Carlos, também se emocionou. “Trabalhamos para salvar vidas e para restabelecer a saúde. Infelizmente, nem sempre conseguimos. Receber demonstrações de reconhecimento e gratidão assim, nos inspira e motiva a continuar. Muito obrigada”, disse.

A carta foi copiada e entregue a todos os funcionários que atenderam Dona Marina durante o internamento.

“O Cemil não deveria se restringir a referência regional e sim, exemplo de nível nacional, ressaltando que estou me referindo ao atendimento pelo sistema SUS e não particular. Minha mãe se foi, porém fica na memória a lembrança desta família Cemil, que nos acolheu e nos ajudou durante dezesseis longos dias. Que Deus os abençoe”, termina a carta.

Anúncio - Dra Marlene
Anúncio - Dr Antonio