Terça-feira, 19 de outubro de 2021

(44) 2031-0399

(44) 9 9907-2342

Anúncio - Dr Ronaldo
Anúncio - André

A ocupação dos leitos de UTI e enfermarias exclusivos para pacientes Covid é praticamente total

Foto: Divulgação

Situação na rede hospitalar de Umuarama permanece crítica

Publicado em 08/03/2021 às 18:44

A Covid-19 fez mais uma vítima em Umuarama. Uma mulher de 77 morreu no último domingo, no Hospital Cemil. Agora são 96 as mortes confirmadas pela Secretaria Municipal de Saúde, com base nas declarações de óbito informadas pelos hospitais. Nesta segunda-feira, 8, mais 61 novos casos também foram registrados, sendo 30 homens, 29 mulheres e duas crianças.
Do total de 20.929 notificações de síndromes gripais registradas desde o início da pandemia, 10.187 foram descartadas para o coronavírus, 2.770 suspeitas seguem em investigação e 7.972 pessoas tiveram diagnóstico positivo. Destas, 4.893 se recuperaram da infecção, 2.956 permanecem em isolamento domiciliar (assintomáticos ou com sintomas leves) e 43 estão hospitalizadas, 22 em unidades de terapia intensiva e 21 em enfermarias.
Na rede hospitalar a situação permanece crítica, com a ocupação praticamente total dos leitos de UTI e enfermarias exclusivos para pacientes Covid. Nesta segunda-feira havia apenas um leito de UTI livre entre os 27 contratados pelo Estado para Umuarama e região, e também um leito livre entre as 60 enfermarias de alas Covid. Nos hospitais da Macronoroeste, a ocupação atingiu 97,2% das UTIs e 87,8% das enfermarias – restavam apenas seis leitos de terapia intensiva para pacientes das regiões de Maringá, Campo Mourão, Cianorte, Umuarama e Paranavaí.

Anúncio - Dra Marlene
Anúncio - Dr Antonio