Quinta-feira, 6 de maio de 2021

(44) 2031-0399

(44) 9 9907-2342

Anúncio - Dr Ronaldo
Anúncio - André

A previsão é de que as duas unidades voltem a atender após um período de 15 dias

Foto: PMU

UBS Parque San Remo e Posto de Saúde Central fecham por falta de profissionais

Publicado em 26/11/2020 às 19:32

A Secretaria Municipal de Saúde comunicou na tarde desta quinta-feira, 26, o fechamento temporário de mais duas unidades básicas de saúde (UBS) – Parque San Remo e Posto de Saúde Central – devido ao afastamento de profissionais por conta da pandemia de coronavírus, que levou à necessidade de reorganização dos serviços. As baixas nas equipes de várias unidades de saúde têm aumentado devido a confirmações da doença ou afastamentos do trabalho relacionados a grupos de risco.

Agora são quatro as unidades fechadas num momento em que o número de casos continua crescendo e superlotando o ambulatório de síndromes gripais e demais unidades que continuam atendendo. Cerca de 45 enfermeiros, técnicos de enfermagem, médicos e outros profissionais se afastaram do trabalho nas últimas semanas. Por isso, a Secretaria de Saúde está reorganizando a equipe e reforçando outras unidades para assegurar o atendimento.

A previsão é que o Posto Central e a UBS San Remo voltem a atender após um período de 15 dias. As outras unidades fechadas devido à falta de profissionais são a UBS 26 de Junho e Jardim União (Cohapar I). As equipes restantes estão sendo concentradas nas salas de Covid-19.

Apesar do fechamento, o atendimento à população está assegurado. “O usuário que precisar de atenção médica deverá procurar a UBS mais próxima. No caso do Posto Central, é a UBS Bem-Estar, na esquina da Avenida Goiânia com a Rua Cananeia. Já o pessoal do San Remo pode buscar a UBS Vitória Régia”, explicou o diretor de Atenção Primária em Saúde, Elizeu Ampessan.

O município está buscando a contratação de mais profissionais de saúde para suprir as deficiências e a expectativa é de que em um mês a situação esteja normalizada. “Contamos também com a redução no número de casos diários da doença a partir das medidas restritivas e do reforço na conscientização da população sobre a importância da prevenção”, completou. Ele orienta, ainda, que pacientes que venham a ter sintomas gripais entrem em contato previamente com as unidades de saúde, pelo teleatendimento, para definir o horário e a forma mais segura para o atendimento, e não se dirijam diretamente às UBS e ao ambulatório.

Fonte: PMU

Anúncio - Dra Marlene
Anúncio - Dr Antonio