Quarta-feira, 26 de janeiro de 2022

(44) 2031-0399

(44) 9 9907-2342

Anúncio - Dr Ronaldo
Anúncio - André

Novembro Vermelho - cresce o número de casos de câncer de boca em homens

Publicado em 11/11/2021 às 18:18 por Editoria Movimento Saúde

O câncer de boca atinge, na sua maioria, a população masculina. No mês de conscientização e prevenção da doença, a campanha Novembro Vermelho se junta ao Novembro Azul  e enfatiza a importância dos cuidados da saúde do homem. 

Com o objetivo de combater precocemente a doença, a Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) promove durante o mês, várias ações voltadas ao público masculino. Entre elas, palestras sobre câncer de boca, lives com especialistas e contato direto com os agentes municipais, a fim de desenvolver atividades junto às Unidades Básicas de Saúde.

“O câncer de boca também pode levar à morte e as pessoas precisam saber disso. A Campanha Novembro Vermelho chama a atenção dos profissionais de saúde bucal, como dentistas, auxiliares e técnicos em saúde bucal e, principalmente da população em geral, para esse tipo de doença e suas implicações”, disse o secretário de Estado da Saúde, Beto Preto.

Segundo o Instituto Nacional de Câncer (INCA), a estimativa de novos casos no Brasil em 2020 foi de 15.190 casos, sendo 11.180 homens e 4.010 mulheres. No Paraná, o número chega a quase mil casos. Esse tipo de câncer é o quinto mais frequente entre homens e o sétimo em mulheres. O maior risco está entre homens com mais de 40 anos, fumantes ou que consomem bebidas alcoólicas em excesso. Mas a exposição ao sol sem proteção e o aumento do número de casos tendo como causa a infecção pelo papilomavírus (HPV) também são fatores de risco.

De acordo com a diretora de Atenção e Vigilância em Saúde, Maria Goretti David Lopes, as campanhas em prol da saúde são um estímulo à conscientização da população e enfatizam a importância da prevenção e do tratamento precoce. “Diante da grande proximidade das duas temáticas, sendo o câncer de boca muito prevalente na população masculina, a Sesa promove o Novembro Azul/Vermelho alertando, de várias formas, os cuidados que os homens devem ter em relação à própria saúde”, enfatizou.

SINAIS

O câncer da boca (também conhecido como câncer de lábio e cavidade oral) é um tumor maligno que afeta lábios, estruturas da boca, como gengivas, bochechas, céu da boca, língua (principalmente as bordas) e a região embaixo da língua. A maioria dos casos é diagnosticada em estágios avançados.

SINTOMAS

Segundo o ministério, os principais sinais e sintomas a serem observados são:

- lesões na cavidade oral ou nos lábios que não cicatrizam por mais de 15 dias;

- manchas/placas vermelhas ou esbranquiçadas na língua, gengivas, palato (céu da boca) e mucosa jugal (bochecha);

- nódulos (caroços) no pescoço;

- rouquidão persistente.

Nos casos mais avançados, de acordo com a pasta, observam-se os seguintes sintomas:

- dificuldade na mastigação e ao engolir;

- dificuldade na fala;

- sensação de que há algo preso na garganta.

Detecção precoce

Diante de alguma lesão que não cicatrize em um prazo máximo de 15 dias, a orientação do ministério é procurar um profissional de saúde (médico ou dentista) para a realização do exame completo da boca. A visita periódica ao dentista favorece o diagnóstico precoce do câncer de boca, já que permite identificar lesões suspeitas.

Pessoas com maior risco para desenvolver câncer de boca (fumantes e consumidores frequentes de bebidas alcoólicas), segundo a pasta, devem ter cuidado redobrado.

CAMPANHA

Novembro Vermelho foi criada em 2019 por meio de uma lei estadual e tem como objetivo conscientizar a população sobre a importância de prevenir e combater o câncer de boca, enfatizando a sua gravidade, a necessidade de cuidados e o diagnóstico precoce, estabelecer diretrizes para o desenvolvimento de ações integradas envolvendo a população, órgãos públicos e empresas privadas; e também detectar precocemente lesões malignas na cavidade oral e nos lábios, além de encaminhar o paciente para um tratamento adequado.

 

Fonte: Sesa-PR/PR/ministério da Saúde

Anúncio - Dra Marlene
Anúncio - Dr Antonio