Quarta-feira, 1 de dezembro de 2021

(44) 2031-0399

(44) 9 9907-2342

Anúncio - Dr Ronaldo
Anúncio - André

Realizado com sangue capilar, o teste apresenta resultados compatíveis aos exames laboratoriais, entre dez a quinze minutos

Foto: Divulgação

Brasil: segurança e rapidez na identificação de pessoas com covid-19

Publicado em 14/12/2020 às 11:13

A Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) aprovou o teste rápido de anticorpos SARS-CoV-2, da Roche Diagnóstica Brasil, para aprimorar a identificação de pessoas com Covid-19 de forma rápida e segura.

Com especificidade de 98,65% e sensibilidade de 99,03%, a partir do 14º dia após o início dos sintomas, o teste oferece mais confiabilidade para identificar pacientes que desenvolveram anticorpos contra o novo coronavírus, indicando infecção anterior.

Como é realizado o teste rápido de anticorpos

Realizado com sangue capilar, de uma picada no dedo, o teste destina-se à detecção qualitativa de anticorpos contra o novo coronavírus, apresentando resultados confiáveis, compatíveis aos exames laboratoriais, entre dez a quinze minutos.

Por permitir a realização de exames fora dos laboratórios clínicos e perto do paciente, a solução torna-se uma ferramenta fundamental para ampliar o acesso à testagem em locais que não dispõem de infraestrutura laboratorial ou em situações onde a coleta de sangue venoso não é adequada.

“Sabemos da nossa responsabilidade global em apoiar uma gestão mais eficiente da saúde e fornecer soluções de alta qualidade e precisão para os pacientes onde e quando precisam. Este teste é uma nova geração de testes rápidos, mais sensível, específico e complementar aos testes laboratoriais, que fará a diferença na tomada de decisão clínica mais assertiva para fortalecer as estratégias de combate a pandemia”, afirma Antonio Vergara, presidente farmacêutica, em nota enviada para a imprensa.

 

Sobre o teste

O teste rápido de anticorpos SARS-CoV-2 é um imunoensaio cromatográfico destinado à detecção qualitativa de anticorpos contra o novo coronavírus em soro, plasma ou sangue total.

Quando realizado pelo menos 14 dias após o início dos sintomas, o teste apresenta a sensibilidade de 99,03% e especificidade de 98,65%. Os resultados podem ajudar na avaliação da resposta imune dos pacientes ao vírus.

Importância da testagem

Testar a população é uma das medidas fundamentais para chegar a números mais concretos da Covid-19 no país, tanto em questão de infectados quanto de indivíduos que já tiveram o vírus, dando a real dimensão da pandemia.

Um dos maiores perigos está nos pacientes assintomáticos. Com menos indivíduos testados e tendo acesso a um diagnóstico, mais devagar fica o combate à disseminação do vírus.

Hoje no Brasil, existem dois tipos de exames: os moleculares, para diagnóstico e pesquisa do vírus, e os imunológicos, para saber se o organismo desenvolveu anticorpos.

Embora ambos verifiquem a resposta imunológica do corpo em relação à Covid-19, o teste RT-PCR é considerado como o “padrão ouro”, pois detecta a presença do novo coronavírus a partir de 24 horas após a contaminação e, em média, até o 12° dia. Além disso, dificilmente o RT-PCR apresenta falso-negativos. 

*Esse artigo foi revisado pela equipe médica da PEBMED.

Autora: Úrsula Neves

Jornalista formada pela Universidade Estácio de Sá (UNESA), pós-graduada em Comunicação com o Mercado pela Escola Superior de Propaganda e Marketing (ESPM) e em Gestão Estratégica da Comunicação pelo Instituto de Gestão e Comunicação (IGEC/FACHA)

Anúncio - Dra Marlene
Anúncio - Dr Antonio