Domingo, 9 de dezembro de 2018

(44) 2031-0399

(44) 9 9907-2342

Anúncio - Fabio de Carvalho
Anúncio - Dr Ronaldo
Anúncio - Renilde

Abuso de antiácidos pode causar ou agravar doenças gastrointestinais

Publicado em 02/08/2017 às 12:04 por Rosi Rodrigues

Um analgésico aqui, um antiácido ali e quando a gente percebe tem um bom estoque de remédios em casa, a famosa farmacinha. O que muita gente não sabe é que por trás de medicamentos aparentemente inocentes e vendidos indiscriminadamente nas gôndolas das farmácias, se esconde um grande perigo.

“O uso prolongado e em altas doses de antiácidos pode causar má absorção de nutrientes, vitaminas e minerais. Com a imunidade baixa, o paciente pode ficar mais suscetível às infecções e outras doenças. Aumenta o risco de fraturas ósseas e de diarréias provocadas por bactérias oportunistas.”, alerta o médico gastroenterologista Dr. Adauto Rodrigues Trute (CRM 7438).

DEPENDÊNCIA

O médico gastroenterologista Dr. Luiz Lucacin Junior (CRM 11.716), faz outro alerta importante: o perigo da dependência. Segundo ele, pacientes que sofrem com refluxo gástrico ou passaram por cirurgia bariátrica são suscetíveis a abusar dos antiácidos. O recomendado pela bula é que o tratamento não ultrapasse oito semanas.

“Há pacientes que usam por anos, criando uma dependência. A maioria teme deixar de tomar o medicamento e sintomas como a azia e queimação voltem”, diz o médico.

AUTOMEDICAÇÃO

Depois de utilizar o medicamento recomendado por seu médico e não desaparecendo os sintomas, o paciente deve retornar ao consultório.

A automedicação geralmente dá errado. Pode agravar um quadro que poderia ser de fácil tratamento e ainda provocar novas doenças. É preciso investigar e diagnosticar a causa da azia para tratar corretamente. Consulte sempre um especialista.

Anúncio - Dra Marlene
Anúncio - Dr Antonio