Segunda-feira, 6 de dezembro de 2021

(44) 2031-0399

(44) 9 9907-2342

Anúncio - Dr Ronaldo
Anúncio - André

Casos suspeitos de covid sobem 180% entre o mês de outubro e os 12 dias de novembro

Publicado em 12/11/2021 às 18:25 por Editoria Movimento Saúde

O número de pessoas que buscaram atendimento no Ambulatório de Síndromes Respiratórias (conhecido como ‘Tenda Covid’), nos últimos 30 dias, tem deixado as autoridades do COE (Centro de Operações de Enfrentamento à Covid-19) de Umuarama em alerta: nada menos que 3.243. Apesar de a maioria dos exames apresentar resultado negativo, a Secretaria Municipal de Saúde pede que a população não deixe de tomar os cuidados necessários, pois a pandemia não acabou.

De acordo com relatório de serviços apresentado pelo Ambulatório, entre 3 de outubro e 6 de novembro, foram realizados 2.224 atendimentos e 1.019 coletas RT-PCR – para exames de covid. “Observamos um aumento significativo nesse período. Estamos seguindo todos os protocolos indicados nos plano de contingência nacional e estadual, isolando os pacientes suspeitos, realizando os exames RT-PCR e notificando. Felizmente o aumento de positivos não é proporcional ao aumento de suspeitos, mas todo cuidado é necessário”, resume Thiago Goulart Garcia, enfermeiro coordenador do Ambulatório, que funciona nas instalações do Centro Diocesano de Umuarama.

O número diário de notificações também tem aumentado consideravelmente. Para se ter uma ideia, durante todo o mês de outubro foram 1.070 ocorrências, agora, só nos primeiros 12 dias de novembro já foram 1.130, o que projeta um aumento de 180%. “Os decretos de relaxamento de medidas de restrição adotados no Estado e no município são claros: o uso de máscara e de álcool gel continuam sendo exigidos e é fundamental para mantermos os índices de contaminação do coronavírus em baixa escala. Flexibilizar não significa deixar de cuidar”, aponta o enfermeiro.

Fonte: Texto e fotos: PMU

Anúncio - Dra Marlene
Anúncio - Dr Antonio