Segunda-feira, 6 de dezembro de 2021

(44) 2031-0399

(44) 9 9907-2342

Anúncio - Dr Ronaldo
Anúncio - André

Segurança do paciente e qualidade no atendimento são fundamentais no serviço hospitalar 

Publicado em 30/09/2021 às 16:23 por Editoria Movimento Saúde

Durante todo o mês de setembro, a Associação Beneficente Noroeste do Paraná – NOROSPAR, realizou ações voltadas à segurança do paciente. O Hospital é destaque no assunto e segue rigorosamente uma série de padrões de qualidade e segurança voltados ao paciente, acompanhantes, bem como aos colaboradores. 
Os cuidados são constantes e começam no momento em que o paciente é admitido na unidade hospitalar. No último dia 17 -  Dia Mundial da Segurança do Paciente – todas as equipes assistenciais do Hospital participaram de ações voltadas a prevenção e redução de ocorrências de incidentes capazes de resultar em danos para o paciente. 
A avaliação constante do serviço ajuda a ampliar a qualidade. 
“Além das atividades, treinamentos e ações realizadas constantemente, durante o mês de setembro, quando a segurança do paciente se destaca na pauta da Organização Mundial da Saúde - OMS, realizamos eventos e atividades para reforçar o tema, avaliar, ampliar e melhorar nossas ações nesse sentido”, explica a enfermeira Nanci Kuster de Paula, que é gerente de enfermagem da Norospar.
Médicos, profissionais de saúde, colaboradores dos mais diversos setores, bem como estagiários dos cursos de medicina e enfermagem estão envolvidos nas ações. Para Nanci, as atividades do Dia Mundial da Segurança do Paciente são uma forma de integrar as equipes e reforçar as orientações pois “a segurança do paciente é responsabilidade de todos”.

Segurança e qualidade andam juntas
A Norospar possui um ‘Escritório de Qualidade’, departamento especialmente criado para coordenar as ações de qualidade e segurança no atendimento hospitalar, que continuamente desenvolve ações voltadas a minimizar riscos e proporcionar aos pacientes e seus acompanhantes a melhor assistência em saúde.
“A identificação do paciente é a norma de segurança número um. Quando o paciente chega à recepção é feita uma triagem com o objetivo de identificar e mapear algumas condições específicas, como alergias e risco de quedas. Para cada informação é gerada uma pulseira diferente para o paciente, sendo a branca com nome, data de nascimento e nome da mãe. A vermelha informa se o paciente tem alguma alergia e a amarela, se a pessoa apresenta risco de queda”, explica a coordenadora do serviço, enfermeira Ligia Cristina P. Silva. 

Cuidado materno e parto seguro
Este ano, o tema do Dia Mundial da Segurança do Paciente escolhido pela OMS é: ‘Cuidado materno e neonatal seguro’, com o slogan: ‘Aja agora em favor de um parto seguro e respeitoso’. Nesse sentido, os colaboradores da Norospar foram estimulados refletir sobre medidas que garantam ainda mais segurança às gestantes, puérperas e recém-nascidos atendidos na unidade.  
“Embora a gravidez e o parto sejam processos fisiológicos, podem ocorrer emergências que necessitem de respostas rápidas. As principais complicações que representam mortes maternas são: Hipertensão (pré eclampsia e eclampsia) Hemorragias graves, Infecções, entre outras. Essas complicações são resolvidas seguindo protocolos baseados em evidências científicas”, reflete a enfermeira obstetra, coordenadora da maternidade, Amanda Vasques Souza.
A Norospar é a Maternidade de referência para os 21 municípios da 12ª Regional de Saúde, destacando-se no cuidado materno e parto seguro. Como todos os anos, as atividades realizadas envolveram todos os setores do hospital, com foco especial na maternidade e cuidado neonatal.
De acordo com a enfermeira Amanda, na maternidade, as medidas de segurança do paciente seguem o padrão de qualidade e segurança Norospar. A gestante é identificada na recepção. Logo após o nascimento, o bebê recebe sua pulseira de identificação contendo a mesma numeração da pulseira da mãe e dados de identificação, nome do recém-nascido, data e hora do nascimento, sexo. O processo de identificação do bebê é realizado na presença da mãe.

Segurança reforçada
Para reforçar a segurança do paciente, a Norospar utiliza diversos dispositivos para ampliar a comunicação sobre o paciente e evitar intercorrências clínicas, como quedas.
O quadro informativo ‘Beira Leito’ – é um reforço na segurança do paciente. Além da identificação pessoal, o quadro deixa visível outras orientações e riscos adicionais a todos os envolvidos nos cuidados. Uma das principais orientações da campanha de segurança do paciente é a importância dessas informações.
Para prevenir quedas, crianças, idosos e pessoas com dificuldade de locomoção são acomodadas em leitos especiais e permanecem com acompanhantes.
“O acompanhante é muito importante na segurança do paciente. Eles são orientados a manterem-se em alerta para evitar quedas, bronco aspiração e outras intercorrências, informando com a máxima agilidade à equipe de enfermagem para as devidas providências. No momento da alta, pacientes e acompanhantes são orientados a prosseguir com os cuidados em casa”, comentou a enfermeira Nanci.

Higienização das mãos é fundamental na segurança do paciente
A higienização das mãos é uma das medidas de segurança mais importantes dentro de um hospital e é destaque nas ações contínuas da Comissão de Controle de Infecção Hospitalar (CCIH), que atua na prevenção e redução de danos.
“A CCIH mantém protocolos que ajudam na prevenção de risco de lesão, com escalas específicas para cada classificação de paciente. Trabalhamos bastante com a prevenção de infecções relacionadas à assistência de saúde, com treinamentos e o reforço constante sobre a higienização das mãos”, observa a enfermeira Sandra Geane Pereira de Souza, responsável pela CCIH.

Medicamento Seguro
A Farmácia é um ponto de concentração especial de segurança e atenção. Antes de o medicamento chegar ao paciente, a prescrição é checada pelo menos quatro vezes.
A equipe de farmacêuticos segue a prescrição médica, conferindo duas vezes as informações de identificação de cada paciente, em um processo chamado Dupla Checagem. Quando o medicamento chega para ser administrado ao paciente no leito, uma nova Dupla Checagem é realizada pela esquipe assistencial de enfermagem.
É um trabalho sistematizado, que envolve várias equipes e exige o comprometimento de todos na Segurança do Paciente. “Com esse trabalho constante conseguimos reduzir o risco ao paciente em todos os setores, um grande avanço na assistência hospitalar”, salientou a enfermeira coordenadora Nanci.
Ela parabenizou a equipe assistencial e os colaboradores de todos os setores envolvidos pelos méritos alcançados na Qualidade e Segurança do Paciente. “Esse resultado é importante e um mérito que merece ser dividido com todos”, disse. 

Durante todo o mes de setembro foram realizadas ações para orientar colaboradores, os pacientes, acompanhantes e visitantes sobre a importância da segurança do paciente - um trabalho feito em conjunto pela equipe hospitalar, com a colaboração de todos.

CONFIRA ALGUMAS FOTOS

         

Anúncio - Dra Marlene
Anúncio - Dr Antonio