Quinta-feira, 23 de setembro de 2021

(44) 2031-0399

(44) 9 9907-2342

Anúncio - Dr Ronaldo
Anúncio - André

Parceria entre instituições oferece tratamento odontológico para pessoas em situação de rua

Publicado em 31/07/2021 às 13:56 por Editoria Movimento Saúde

Além de uma cama limpa com cobertores em quarto coletivo, para se abrigarem do frio, pessoas em situação de rua acolhidas pelas instituições parceiras da Prefeitura contam com uma alimentação de qualidade, recebem roupas – quando necessário – e uma série de atendimentos sociais e na área de saúde. Na Associação de Apoio à Promoção Profissional (Apromo) são quatro refeições diárias – café da manhã, almoço, café da tarde e jantar – todos os dias, em refeitório climatizado e com televisão.

A instituição oferece tratamento odontológico gratuito. “Temos uma clínica com dois consultórios e quatro cadeiras, próprias, para atendimento aos acolhidos e também funcionários, através de parceria com o curso de Odontologia da Universidade Paranaense (Unipar)”, explica o presidente da Apromo, Júnior Lopes.

Para a secretária municipal de Assistência Social, Izamara Amado de Moura, através de parcerias como esta, o município oferece atendimento digno e possibilidades para uma mudança de vida. “Nas instituições, as pessoas em situação de rua são atendidas muito além do simples acolhimento. Elas contam com atendimento psicossocial – assistência psicológica e de assistente social –, atividades realizadas por equipes técnicas para reinserção no núcleo familiar, auxílio para regularização documental e encaminhamento para o mercado de trabalho. Temos vários exemplos de contratações”, disse.

Regularmente, os usuários também recebem orientações em saúde, por meio de campanhas conjuntas com o Ambulatório de Infectologias e outras divisões da Secretaria de Saúde. “Aqui na Apromo também temos campo de futebol, televisores e outras opções de lazer. Quem quer, pode realizar atividades físicas e tem os seus momentos de lazer. Temos televisores e opções para atividades ocupacionais, como uma horta para produção de alimentos que desperta o interesse de alguns acolhidos no cuidado diário”, completou Júnior Lopes.

As entidades recebem aporte financeiro mensal do município e algumas se reestruturaram, ampliando a capacidade de acolhimento e atenção social. “Em parceria com a Apromo, temos hoje 68 leitos em duas unidades. Por conta do frio, mais pessoas pode ser acomodadas em leitos adaptados (temporários). Temos ainda 15 leitos em parceria com um serviço social que está se estruturando na cidade, totalizando 90 vagas”, acrescentou a secretária Izamara.

As equipes da assistência social realizam abordagens diariamente, pela manhã e no final da tarde. “Temos o pessoal do Centro Pop, que faz esse trabalho e também orienta as pessoas sobre a alimentação gratuita na Casa da Sopa Dr. Leopoldino, outro parceiro importante do município”, acrescentou Izamara.

O Centro Pop aumentou as abordagens especialmente nessas semanas de maior frio, quando tem feito a busca noturna de pessoas nas ruas e praças da cidade. “Após a recusa de encaminhamento ao alojamento distribuímos cobertores. Infelizmente nem todos aceitam essa oportunidade e preferem continuar nas ruas. Mesmo assim vamos manter a busca ativa, as abordagens e a oferta do acolhimento”, finalizou a secretária.

Fonte e fotos: PMU

Anúncio - Dra Marlene
Anúncio - Dr Antonio