Terça-feira, 15 de junho de 2021

(44) 2031-0399

(44) 9 9907-2342

Anúncio - Dr Ronaldo
Anúncio - André

Suicídio - Falar ou não falar?

Curso online ensina comunicadores a falar sobre suicídio

Publicado em 13/05/2021 às 14:59 por Editoria Movimento Saúde

Estão abertas as inscrições para o minicurso O papel da mídia na prevenção e posvenção do suicídio, destinado a comunicadores, com o objetivo de preparar e conscientizar sobre a abordagem do tema. O curso será realizado no dia 29 de junho, das 19h às 21 horas, no formato online, ministrado pela psicóloga Gisele Texdorf Martins (CRP 08/10329), especialista em Psicologia da Saúde e Hospitalar e Saúde Mental.

Prioridade em saúde pública

No Brasil são registrados, em média, 32 suicídios por dia. E esse número pode ser muito maior. Os dados são subestimados, já que muitas mortes não têm o suicídio como causa oficial. O fato é que o suicídio cresceu 60% nos últimos 10 anos no Brasil, que caminha na contramão de outros países.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) coloca a prevenção do suicídio como uma das prioridades na agenda de saúde pública global. E quando, em 2015, a campanha Setembro Amarelo passou a ser realizada no Brasil, despertou a necessidade de se falar sobre o assunto.

Muito mais do que uma pauta interessante

A relevância dos dados torna o tema atrativo para jornais e para a mídia em geral. E nesse aspecto, a especialista concorda que o assunto não pode ser engavetado, mas faz ressalvas. “Sim, é preciso falar sobre isso, mas se antigamente não se falava, agora se fala de qualquer jeito. Mais do que uma pauta interessante, é assunto delicado, e o despreparo ou falta de conhecimento pode trazer danos para pessoas que estão vivendo histórias de tragédias familiares envolvendo o suicídio”, pondera.

Gisele explica que, na ânsia por dar as notícias, osprofissionais acabam cometendo excessos e expondo a vítima e a família, publicando fotos, vídeos, matérias sensacionalistas etc., o que além de cruel, é crime.

Como falar sobre o tema?

O curso *O papel da mídia na prevenção e posvenção do suicídio* tem como público alvo jornalistas, radialistas, apresentadores, blogueiros, publicitários, pessoas que trabalham com marketing e demais interessados no tema, e vai abordar tópicos como:

•          O que é Saúde Mental?

•          O que é a Campanha do Setembro Amarelo?

•          Como tratar sobre suicídio nas reportagens – falar ou não falar? Como falar?

•          Suicídio tem prevenção?

•          O que é povenção?

•          Conceitos básicos sobre os fatores de risco e proteção.

Para se inscrever, clique aqui 

Sobre Gisele Texdorf Martins

A psicóloga Gisele Texdorf Martins (CRP 08/10329) é graduada em Psicologia. Possui especialização em Psicologia da Saúde e Hospitalar. Especialização em Saúde Mental. É Mestre em Teologia com ênfase em Administração e Cuidado Pastoral. Atua como professora em nível Superior, Pós-Graduação e cursos de Nível Técnico.

É graduanda em Pedagogia e em Formação em Tanatologia.

Com experiência em saúde pública e privada, Gisele Texdorf Martins atua nas áreas de Transtornos Mentais, Prevenção e Pósvenção do Suicídio, Primeiros Socorros Psicológicos, entre outros quadros de crise emocional, já tendo atuado em atendimento à Polícia Militar.

A especialista atende também na Clínica Acolher, em Umuarama.

MOVIMENTO SAÚDE

 

 

Anúncio - Dra Marlene
Anúncio - Dr Antonio