Segunda-feira, 17 de maio de 2021

(44) 2031-0399

(44) 9 9907-2342

Anúncio - Dr Ronaldo
Anúncio - André

Os profissionais propõem uma ampla abordagem sobre o tema, com ênfase nos fatores psíquicos, físicos e emocionais que podem levar ao suicídio

Foto: Assessoria

Live sobre prevenção ao suicídio reúne psiquiatra, médico clínico e psicóloga 

Publicado em 08/09/2020 às 09:32

O médico psiquiatra, Dr. Guilherme Derenusson, o médico generalista Dr. Eduardo Martins e a psicóloga Ana Paula Novak Fiel estarão reunidos para Live com o tema “Cuide Bem das Suas Emoções”, em alusão ao Setembro Amarelo – mês de prevenção ao suicídio. A Live será transmitida pelo Instagram do Instituto Nossa Senhora Aparecida @instituto_nossa_senhora, nesta terça-feira (8), a partir das 19h30. 
Os profissionais propõem uma ampla abordagem sobre o tema, com ênfase nos fatores psíquicos, físicos e emocionais que podem levar ao suicídio.
“O suicídio nunca tem uma causa apenas e suas consequências são amplas. Por ser multifatorial, nossa proposta nesta abordagem é ampliar as discussões”, disse o psiquiatra Dr. Guilherme Derenusson.
O suicídio tornou-se uma verdadeira epidemia. De acordo com dados divulgados pela Organização Mundial da Saúde (OMS), em setembro de 2019, a cada 40 segundos uma pessoa se suicida no mundo. Mais de 800 mil pessoas acabam com a própria vida ao ano. No Brasil, foram registrados 13.467 casos de suicídio no ano passado, dos quais 10.203 foram cometidos por homens. 
Para os especialistas, por traz de cada número há uma pessoa que necessitava ser ajudada. “A prevenção ao suicídio envolve uma ampla rede de apoio através de um trabalho muldisciplinar, com médico psiquiatra, clínico, psicólogos entre outros profissionais”, explica a psicóloga Ana Novak.
De acordo com o médico generalista, Dr. Eduardo Martins, as consequências de uma tentativa de suicídio podem ser extremamente desastrosas para o organismo.
“Alguns tipos de tentativas de suicídio podem deixar sequelas irreparáveis ao organismo. A abordagem do tema é extremamente necessária na prevenção desta verdadeira epidemia que é o suicídio”, disse o médico. 

Anúncio - Dra Marlene
Anúncio - Dr Antonio