Segunda-feira, 14 de junho de 2021

(44) 2031-0399

(44) 9 9907-2342

Anúncio - Dr Ronaldo
Anúncio - André

UTIs podem não ser suficientes para o atendimento de casos de Covid-19 em Umuarama

Publicado em 08/04/2020 às 17:28

A Associação Médica de Umuarama emitiu comunicado, na manhã desta quarta-feira (08), externando a preocupação da classe médica com uma possível falta de leitos de UTI para o atendimento de pacientes com coronavírus na região. O comunicado é assinado pelo presidente da entidade, o médico Ronaldo de Souza. 

Apesar de todas as importantes ações realizadas pelo município e região, a Associação Médica de Umuarama alerta para o fato de que a estrutura hospitalar da cidade não está preparada para uma demanda volumosa de pacientes contaminados pelo vírus, que estejam em situação grave, considerando que os leitos de UTI já possuem uma taxa de 80% a 90% de ocupação, e no momento apenas estão disponíveis sete (7) leitos de UTI habilitados no Hospital Uopeccan.

“É imprescindível para nossa cidade e região, que estejamos preparados para atender o maior número possível de pacientes infectados pela Covid-19, portanto, protocolamos, por meio deste do comunicado, a Regional de Saúde e demais órgãos responsáveis, alertando sobre o número limitado de vagas de UTI”, disse o médico.

O protocolo também solicita que mais leitos sejam habilitados o quanto antes, para que os hospitais recebam os devidos equipamentos utilizados nestes tipos de tratamento (monitores, ventiladores, etc.), para que estejam disponíveis em tempo hábil, considerando que não há ventiladores disponíveis para compra no mercado.

“Nessa situação, pedimos a população que sigam estritamente os protocolos de prevenção, que evitem aglomerações e saiam somente se for extremamente necessário, mantendo todos os cuidados de higiene, para que nos ajudem a reduzir o número de casos graves”, conclui o médico no comunicado.

 

Adaptado de Portal da Cidade Umuarama

Anúncio - Dra Marlene
Anúncio - Dr Antonio