Terça-feira, 27 de outubro de 2020

(44) 2031-0399

(44) 9 9907-2342

Anúncio - Dr Ronaldo
Anúncio - Gisele
Anúncio - Movimento Saúde

As principais causas são o estilo de vida, fatores genéticos, hereditário, estresse, ansiedade e concentração

Foto: Divulgação

Como tratar o bruxismo?

Publicado em 30/07/2020 às 10:27 por Rosi Rodrigues

O bruxismo é uma atividade repetitiva dos músculos da mastigação de apertar e/ou ranger os dentes ou tensionar a mandíbula. As principais causas são o estilo de vida, fatores genéticos, hereditário, estresse, ansiedade e concentração. Além disso, o bruxismo também pode estar relacionado com medicações, como inibidores seletivos da recaptação de serotonina, anfetaminas, benzodiazepínicos e drogas dopaminérgicas, uso excessivo de cafeína, álcool, cigarro e cocaína, doenças neurológicas (mal de Parkinson), psiquiátricas (demência) e distúrbios respiratórios do sono (apneia obstrutiva do sono).

Quais são os principais sintomas do bruxismo?
Desgaste, fraturas e perdas dentárias, recessão gengival, risco aumentado de problemas periodontais, sobrecarga de implantes/ coroas/ lentes, dores de cabeça, músculos da face e cervical, sensibilidade excessiva , marcas na mucosa jugal ou língua, dificuldade de abrir a boca e cansaço facial ao acordar, hipertrofia dos músculos masseter e temporal.

Como tratar o bruxismo?
É necessário descobrir qual a causa ou causas para informar o melhor tratamento. Por meio da coleta de informações pessoais, hábitos, histórico médico, uso de medicamentos, se o paciente é estressado, ansioso, agitado, se pratica atividades físicas. Pode ser indicado placas noturnas, dispositivo interoclusal em vigília, biofeedback, mudanças comportamentais e higiene do sono.

Além do tratamento com dentista, existem outras recomendações para evitá-lo?
Sim, podemos trabalhar de forma multidisciplinar com outros profissionais da área da saúde. Além das práticas de relaxamento, reflexão, auto- ajuda sempre serão bem-vindos.

Existem formas naturais de tratar o bruxismo?
Através do cognitivo comportamental, quando o bruxista consegue entender a causa do problema e busca maneiras de reverter, por meio da consciência corporal e de seus hábitos, tudo fica mais fácil e serve de auxílio ao tratamento.

Quem tem bruxismo precisa usar aparelho ortodôntico?
Não necessariamente. O aparelho ortodôntico não trata o bruxismo. Existem pacientes com aparelho ortodôntico que continuam realizando esse hábito, chegam a quebrar brackets e bandas. Por isso não é o tratamento indicado.

Fonte: terra.com.br

Autora: Bruna Conde - Cirurgiã dentista, pós-graduada em Periodontia, Cirurgia Plástica Periodontal e Disfunção Temporomandibular.

Anúncio - Dra Marlene
Anúncio - Dr Antonio