Quinta-feira, 13 de dezembro de 2018

(44) 2031-0399

(44) 9 9907-2342

Anúncio - Fabio de Carvalho
Anúncio - Dr Ronaldo
Anúncio - Renilde

Algumas medidas simples podem ajudar a prevenir o agravamento do quadro e controlar o problema durante a gestação

Gestação pode complicar o problema das varizes. Sabia como prevenir

Publicado em 22/08/2017 às 08:00 por Rosi Rodrigues

O aparecimento de varizes durante a gestação é um problema comum. Ocorre devido a alterações no corpo feminino como, pressão do útero sobre a veia cava, aumento de peso, alteração gravitacional, alterações hormonais, entre outros. Contudo, a gravidez não provoca as varizes, apenas faz com que o quadro se agrave.

As varizes incomodam muito e podem prejudicar a qualidade de vida da gestante.

“São dilatações das veias superficiais dos membros inferiores, que ocorrem por um mecanismo de aumento da pressão em seu interior. Ocorrem tanto pela ação hormonal quanto por um fator obstrutivo que o útero gera com seu crescimento ao longo das semanas”, explica o médico cirurgião vascular, Guilherme Antônio Schimitt (CRM 6819). 

Segundo ele, os sintomas mais comuns são: dor, especialmente no final da tarde e início da noite, sensação de peso e inchaço nas pernas. Manchas escuras acompanhadas de prurido, crises de eczemas, processos alérgicos e celulites crônicas (inflamação do tecido gorduroso) também são comuns.

“Ao contrário do que muitos pensam a gestação não é a responsável pelo aparecimento das varizes, ela só piora um problema já existente”, ressalta o médico.

De acordo com o especialista, muitas mulheres não sabem que têm varizes, pois elas estão abaixo da pele e por serem pequenas não causam dor.

“O agravamento das varizes durante a gestação está relacionado à ação de hormônios como o estrogênio e a progesterona. A maior pressão que o útero passa a exercer sobre a veia cava, que passa ao lado da coluna vertebral cria um obstáculo para a circulação de retorno venoso, que acaba se acumulando e dilatando os vasos sanguíneos dos membros inferiores”, explica.

Prevenção e tratamento

A mulher precisa aguardar o final da gestação para iniciar o tratamento das varizes. Contudo, algumas medidas simples podem ajudar a prevenir o agravamento do quadro e controlar o problema durante a gestação.

“Controle de peso, reforço muscular e atividade física regular de baixo impacto, uso de meia elásticas, alimentação saudável associado a ingestão de água são alguns dos fatores que podem ajudar a evitar o aparecimento das varizes e aliviar seus sintomas”, recomenda o médico.

Anúncio - Dra Marlene
Anúncio - Dr Antonio