Sexta-feira, 25 de setembro de 2020

(44) 2031-0399

(44) 9 9907-2342

Anúncio - Dr Ronaldo
Anúncio - Gisele
Anúncio - Movimento Saúde

Gastos com diabetes podem dobrar no Brasil em pouco mais de 20 anos, diz estudo

Publicado em 23/03/2018 às 18:08 por Rosi Rodrigues

Um estudo feito pela universidade britânica King's College, em parceria com a Universidade de Gottingen (Alemanha) levantou dados de 180 países e concluiu que, o avanço da diabetes no Brasil pode fazer com que os custos diretos e indiretos com a doença dobrem até 2030. 

A pesquisa levou em conta tanto despesas com o tratamento médico da diabetes quanto os impactos na atividade econômica – como a perda de produtividade de trabalhadores e as mortes prematuras decorrentes da doença e de males associados, como problemas cardíacos.

Segundo o levantamento, os gastos do Brasil com a diabetes foram de US$ 57,7 bilhões (R$ 190 bilhões, em valores atuais) em 2015.

Até 2030, essas despesas podem subir para US$ 97 bilhões, segundo estimativas mais conservadoras, ou US$ 123 bilhões (R$ 406 bilhões), no pior dos cenários avaliados pelo estudo europeu.

É um dos custos mais altos do mundo em relação ao Produto Interno Bruto (PIB), diz à BBC Brasil Justine Davies, coautora do estudo e professora do Centro de Saúde Global do King's College.

"A doença tem sido vista como a próxima epidemia global, tem aumentado na maioria dos países e ninguém tem conseguido enfrentá-la", acrescenta. 

Isso é grave porque a diabetes é uma importante causadora de cegueira, falência renal, problemas cardíacos, derrames e amputações, aponta a Organização Mundial da Saúde (OMS).

 

PREVENINDO E CONTROLANDO A DIABETES

A Diabetes é uma doença silenciosa, o que significa que geralmente, se não forem feitos exames médicos, a pessoa pode não ter consciência de que tem esta condição.

Os principais fatores de risco para o desenvolvimento da Diabetes são:

  •   Excesso de peso e obesidade
  •   Ingestão de açúcar e gordura em excesso
  •   Sedentarismo
  •   História familiar e herança genética
  •   Idade
  •   Stress
  •   Alcoolismo
  •   Pré-Diabetes
  •   HTA
  •   Diabetes gestacional prévia
  •   História de doença cardiovascular prévia

A prevenção da Diabetes, para quem tem um ou vários destes fatores de risco mas não tem ainda o diagnóstico da doença, passa por adotar um estilo de vida mais saudável e consultar o médico, fazendo exames regulares de diagnóstico.

Para quem tem o diagnóstico de Diabetes, a prevenção também é um fator importante para o controlo da doença e para uma maior qualidade de vida.

A prevenção passa por alguns pontos-chave, fundamentais para ter uma vida mais saudável:

  1. Entender a Diabetes
  2. Adotar uma Vida Saudável: uma alimentação equilibrada aliada a praticar de exercício físico regularmente.
  3. Controlar a Diabetes: monitorizando periodicamente os níveis de glicemia no sangue e tomando a medicação, quando prescrita pelo médico.

 

 

Livremente adaptado de G1  e do site Controlar Diabetes.com

Anúncio - Dra Marlene
Anúncio - Dr Antonio