Sexta-feira, 15 de novembro de 2019

(44) 2031-0399

(44) 9 9907-2342

Anúncio - Fabio de Carvalho
Anúncio - Dr Ronaldo
Anúncio - Gisele
Anúncio - Movimento Saúde

Pessoas muito inseguras geralmente recorrem à chantagem emocional para realizar o que desejam.

Foto: Divulgação

Saiba como lidar com chantagem emocional de um familiar

Publicado em 18/01/2019 às 11:30

Todas as pessoas buscam aceitação e aprovação. Durante a infância desejamos a aprovação dos pais e, a partir daí, crescemos projetando essa necessidade de ser aprovado por outras pessoas — o parceiro, o chefe ou os amigos. Muitas pessoas, porém, são muito inseguras e não se sentem capazes de realizar nada, passando a se sentir rejeitadas e desvalorizadas.

É especialmente nesses casos que as pessoas recorrem à chantagem: por conta da insegurança emocional, não se sentem capazes de alcançar seus objetivos e passam a manipular as outras pessoas para que elas satisfaçam seus desejos. Na maioria das vezes, este processo é tão sutil que as pessoas sequer percebem que estão sendo manipuladas. A chantagem emocional nada mais é, portanto, do que pura manipulação mental.

Características da chantagem emocional

A chantagem emocional é muito comum no ambiente familiar, pois nosso modelo social é baseado em famílias unidas e que se ajudam. Nesse contexto, os inseguros acham que seus familiares têm obrigação de ajudar em suas vidas. Em longo prazo, esse tipo de manipulação pode fazer exatamente o contrário do esperado: gerar conflitos entre familiares e desunir a família.

A pessoa que faz chantagem emocional tem, basicamente, duas condutas: ou ela se faz de vítima e coitada para sensibilizar ou outros, ou tenta mostrar seu poder o tempo todo para conquistar respeito e ter seus desejos atendidos. Os chantagistas normalmente atacam as pessoas mais “boazinhas” e que não sabem dizer não.

Como saber se estou sendo chantageado emocionalmente

– Você se sente ameaçado diante de um pedido de um familiar, e ele insinua que algo ruim pode acontecer caso você não faça o que ele pede;

– A pessoa se coloca como vítima e azarada, usando a dor e a angústia para comover o manipulado;

– A pessoa promete recompensas caso você faça o que ela quer;

– O manipulador vive lembrando dos favores que fez a você, de modo a lhe manter aprisionado e com sentimento de dívida;

– A pessoa reage de forma descontrolada, acusando todos de serem egoístas;

– A pessoa se isola para chamar a atenção, até conseguir o que quer;

– Você se sente culpado quando tenta dizer não ao manipulador;

– A pessoa usa poder (status, dinheiro, hierarquia) como forma de respeito, e você se vê obrigado a fazer o que ela quer;

– A pessoa se recusa a aceitar ajuda em primeiro momento, mas sempre acaba aceitando;

– Você se sente dependente daquela pessoa, pois ela faz com que você acredite que é sua tábua de salvação;

– A pessoa mente e finge com naturalidade e, mesmo que todos saibam que é mentira, ela insiste.

Como lidar com chantagem emocional de um familiar

Uma relação baseada em chantagem emocional causa dependência de todos os envolvidos. Isso porque o manipulado geralmente também sente a necessidade de ser aceito e se sentir importante, encontrando essa sensação justamente nessa relação.

Para acabar com a chantagem emocional, você precisa identificar o tipo de chantagem que a pessoa costuma utilizar: ameaça, colocar a culpa no outro, se fazer de vítima, se empoderar. Em seguida, perceba qual a real necessidade por trás desse comportamento – ser aceito, amado, se sentir protegido, seguro, realizar algo.

A partir daí você precisa encontrar alternativas para suprir essa necessidade, de forma que a pessoa perca o hábito de fazer chantagem emocional — e você deixe de cair na chantagem. Se a chantagem for para conseguir dinheiro, por exemplo, sugira alternativas para que a pessoa conquiste a quantia por conta própria.

Não ceda de forma alguma, e mantenha sua decisão firme. Abra mão da sua necessidade de se sentir importante e aprenda a dizer não quando necessário, sem se sentir uma pessoa má ou inferior.

Fonte: http://www.sbie.com.br

Anúncio - Dra Marlene
Anúncio - Dr Antonio