Segunda-feira, 23 de setembro de 2019

(44) 2031-0399

(44) 9 9907-2342

Anúncio - Dr Ronaldo
Anúncio - Gisele

O protetor solar é o melhor amigo da pele! 

Foto: Divulgação

Mito ou verdade: o mormaço queima mais que o sol?

Publicado em 25/12/2018 às 16:40 por Rosi Rodrigues

O protetor solar é o melhor amigo da pele! O produto, que pode ser encontrado em diversas apresentações - como com cor ou sem, em textura sérum, fluida e gel creme, etc -, deve entrar na rotina de beleza e saúde como um hábito, já que a proteção contra os raios solares previne futuras rugas, manchas, queimaduras e até mesmo o câncer de pele. No entanto, não é só nos dias ensolarados que devemos usar o dermocosmético, como também nos nublados e até mesmo em ambientes fechados. O DermaClub conversou com o dermatologista Alan Ost, da cidade de São Paulo, que explicou a importância de usar o filtro em todos os momentos. Confira!

Saiba qual a importância da proteção solar diária

Para Dr. Alan, o filtro solar é o melhor anti rugas que existe no mercado, por isso seu uso diário é muito importante. “O dermocosmético é essencial não só para prevenir o fotoenvelhecimento, mas também o câncer de pele. O local mais atingido pela radiação ultravioleta é o rosto, então a região deve estar sempre bem protegida”, explicou o médico, afirmando que qualquer área que possa estar exposta ao sol merece a mesma atenção.

Segundo o dermatologista, o que muitas pessoas esquecem é que também devemos proteger a pele mesmo que o sol não apareça. “Em dias nublados e chuvosos também existe radiação ultravioleta, em menor grau e intensidade, claro, mas ela é prejudicial da mesma forma”, apontou.

Mito ou verdade: o mormaço queima mais que o sol?

Por muitas vezes escutamos que o mormaço pode deixar a pele mais bronzeada que o sol direto, porém, de acordo com o dermatologista, esta afirmação é falsa. “O problema dos dias nublados é que as pessoas esquecem ou simplesmente não se preocupam em passar o protetor e se ‘queimam’. No sol, geralmente, elas usam o filtro solar corretamente”, comentou.

Segundo Dr. Alan, o recomendado para a fotoproteção é usar um produto que contenha FPS 30, no mínimo, independentemente do clima. Já no verão, o dermatologista indica o uso do protetor de FPS 50. A recomendação engloba todos os pacientes, indiferentemente do tom de pele: “Todas as peles precisam e merecem proteção!”, frisou.

Saiba como tratar de uma pele queimada pelo mormaço

De acordo com o dermato, o tratamento para as peles que sofreram os efeitos do mormaço é o mesmo para outros tipos de queimadura. “O que mais indico é a água termal, que pode ser usada gelada, borrifando no corpo ou em forma de compressa. Também podem ser feitas compressas geladas com chá de camomila, mas, em caso de bolhas, deve ser feita uma avaliação individualizada para definir qual intervenção é mais indicada”, afirmou. Por isso, não esqueça de consultar um médico dermatologista!

Fonte - Derma Club

Anúncio - Dra Marlene
Anúncio - Dr Antonio